Geral

Família

Você não deve abandonar a Deus nem a sua família. É o que eu acredito.

Deus, seja o seu qual for, vai ser o único presente full time na sua vida – Ele não te abandona mesmo que você o esqueça.

Sua família? Sua família, seja ela como for, vai ser a única a te amparar, torcer e acompanhar.

Naquele dia “D” que você não podia ficar em casa, e teve uma dor na barriga fortíssima, foi sua mãe quem fez aquele chá (ruim) que te fez melhorar e ficar pronta para aproveitar a balada.
E no mesmo dia, que você acabou se atrasando para essa balada, por causa da dor, do chá… percebeu que o secador não estava funcionando, e seu irmão, quando você menos imaginou acabou arrumando o secador, salvando o penteado e a noite.
A noite, aquela noite que prometia ser a melhor do ano, no fim, fim não, na metade, você estava no canto do bar choramingando para um desconhecido bêbado, todas os seus acontecimentos ruins e lamurias da vida, e depois precisou ligar, às 3h da manhã, para seu maravilhoso papai, que foi buscá-la de pijama e cara de sono – mas foi.

Essa mesma família que salvou seu dia, vez ou outra te tira do sério, te tira o sono e o tédio. 

É com essas pessoas que você compartilha a pizza de sábado a noite, divide as contas (Valeu, pai!) e chora de rir e de raiva. São essas pessoas que comemorarão suas vitórias e dividirão as angustias. São essas pessoas que você deve ligar primeiro, para chorar e para sorrir. 

São essas pessoas que independente do dia, do mês, do ano – você nunca deve abandonar. 

E nem a Deus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s