Geral · TXT

Texto de quinta

Ok. O Despertador tocou, é hora de levantar. “Só mais 5 minutos”, eu peço, você pede – todo mundo pede.

Primeiro, você se torna uma pessoa incrédula: “Como assim já são 7h?”
Depois, começa com a negação: “Não, eu não quero levantar.”
A partir disso, você pede, para não dizer, implora: “Só mais 5 minutinhos…”
OK. Está bem… pode ficar 5 minutinhos…

Aqueles 5 minutos são maravilhosos, seu dia foi de 0 à 100 em instantes… por enquanto.

Agora vai. Chega. Não dá mais… você precisa levantar. Abre a janela. O céu está anunciando um dia maravilhoso. Venha, vai começar um novo dia. A primavera está meio confusa, quer ser inverno outra hora quer ser verão. Durante a semana mudou de chuva para sol, de sol para chuva, teve até os dois ao mesmo tempo. Três estações em um dia, normal. O casaco já saiu do armário, as 18h ele está na bolsa, te faz peso até em casa. Mas vai andando rápido, com casaco ou sem casaco. O trânsito já bateu recorde antes das 7h da manhã, o trem está com velocidade reduzida, e o café acabou…

O café acabou? Não… não… Voltamos ao estágio no qual somos uma pessoa incrédula. Não dá mais para pedir ” só mais 5 minutinhos”, o ponto está vazio, isso significa que seu ônibus já passou. Bem, parece que você podia ter ficado mais 5 minutinhos.

O importante é que você já está no trabalho. O seu atraso só não foi percebido pelo motorista do ônibus, que insistiu em conduzir o transporte com muita, muita e mais um pouco de calma. Agora você abre seu e-mail, descobre que deveria estar numa reunião com seu chefe, desde as 8h30, e que ele te avisou as 8h05, e agora são 8h36. Talvez você não devia ter pedido só mais 5 minutinhos.

Você não pode lamentar mais. Tudo bem, foram só 5 minutinhos, em um dia que pode fazer frio ou calor, chuva ou sol. Que o café acabou. Que seu chefe marcou a reunião em cima da hora. E ainda, não é sexta-feira. Mas é só um dia.

Se parar para olhar o lado bom, a bola que bateu na trave agora, pode entrar no gol em um próximo lance. E o próximo lance se chama amanhã. E amanhã é sexta-feira.

Anúncios

Um comentário em “Texto de quinta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s